A Cura (1997) de Kiyoshi Kurosawa

A Cura (1997) de Kiyoshi Kurosawa

“Tente não se aprofundar muito nos mistérios da alma.”

Mistério da alma ou os signos e lógicas que criamos nestes bilhões de anos tornaram uma situação aparentemente simples em um ponto cego de incompreensão?

Kurosawa sobe toda a poeira, possibilitando qualquer interpretação mas nunca uma conclusão. Uma democratização das possibilidades que impede a soberania de qualquer verdade. Toda certeza é uma peça incompleta do incompreensível. 

O único que segue pleno não lembra de nada.

por Gabriel Linhares Falcão

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s