Em Trânsito (2018) de Christian Petzold

Em Trânsito (2018) de Christian Petzold

A dedicatória a Farocki vai muito além da cartela. A narração disseca a historicidade das cenas, o contexto político-socio-cultural e o contexto ficcional ganham peso cada vez que o narrador entra, descrevendo o coração da cena, reforçando toda a motivação que constitui os momentos observados.

Para Petzold, que já trabalhava com esses dois contextos em seus filmes, a influência farockiana caiu como uma luva. Temos em Transit não só um narrador, mas também um ensaísta.

por Gabriel Linhares Falcão

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s